quinta-feira, julho 30, 2009

em dia já não, mas ainda assim-assim...


De mais ninguém senão de ti, preciso:
Do teu sereno olhar, do teu sorriso,
Da tua mão pousada no meu ombro.
Ouvir-te murmurar: - "Espera e confia!"
E sentir converter-se em harmonia,
O que era, dantes, confusão e assombro.

Carlos Queirós
ouves? se eu sentir a mais forte das faltas que tu ouças, nessa distância que não me torna muito audível, tu ouves e dizes o que preciso ouvir? diz que sim ...

sexta-feira, julho 24, 2009

não chega?

"A literatura existe porque a realidade não chega"

quinta-feira, julho 23, 2009

cinema: paraíso!


"Olha duas vezes para veres o justo. Não olhes mais que uma para veres o belo."
-Henri-Frédéric Amiel-

terça-feira, julho 14, 2009

*Kubrick*Revisited*


*Lolita*

sábado, julho 11, 2009

para ti,

quinta-feira, julho 09, 2009

Eles não sabem nem sonham...


... que o sonho comanda a vida e que sempre que um homem sonha o mundo pula e avança, como bola colorida, entre as mãos de uma criança!

António Gedeão

.2 years after.


*marotíssima*

terça-feira, julho 07, 2009

luz... quase


... e o escuro revelou que em mim a luz se esconde ...

domingo, julho 05, 2009

Lá Lá Lá Lá Lá


LOVE!

sexta-feira, julho 03, 2009

This is the life*

Já consigo sentir o cheiro bom do meu regresso à minha vida... Estes três meses, mais que os outros sete, afastaram-me da minha vidinha de propósito. Foram talvez os últimos três meses vividos em Lisboa. E toda a gente já percebeu a esta hora o quanto gosto de Lisboa. Mas não sou de cá. As pessoas que me fazem falta não estão cá (só algumas!). As minhas amigas sentem falta do meu sofá para conversar. Eu sinto a falta dos meus amigos no meu sofá. E na minha vida. E nos meus recantos. E dos cafés no Piolho. Dos chás na rota do chá. De ver filmes no Arrábida... Nesta altura ainda está tudo indefinido: nada de escolha feita, nada de saber onde páro em Setembro. Mas, o que importa? A mim basta-me saber que "estou voltando" para tudo me parecer um tremendo dia de sol! É que eu adoro esse quotidiano portuense... e vivo dele!

"Oh the wind whistles down The cold dark street tonight And the people they were dancing to the music vibe And the boys chase the girls with the curls in their hair While the shy tormented youth sit way over there And the songs they get louder Each one better than before And you're singing the songs Thinking this is the life And you wake up in the morning and you're head feels twice the size Where you gonna go? Where you gonna go? Where you gonna sleep tonight?"