quinta-feira, janeiro 24, 2008

Frankie & Johny

I do believe it's true
That there are roads left in both of our shoes
If the silence takes you
Then I hope it takes me too
So brown eyes I hold you near
Cause you're the only song I want to hear
A melody softly soaring through my atmosphere
Where soul meets body
Death cab for cutie

sexta-feira, janeiro 18, 2008

my way



Passados 4 meses... Já são do passado em Lisboa mais dias que os que cá faltam passar. Em 4 meses tanta coisa já aconteceu. De tudo, aliás. O que se quer e o que se não quer. A vida pura e dura e muito a sério. Não são os cenários que contam, são as pessoas. A forma como amam e como esquecem. O tudo que dão ou o muito que encontram. A distância apura o sentimento certo. A distância não separa o que não importa. No meio disto tudo fico a mesma eu. Agora não sózinha... mas numa vida toda à minha maneira! À nossa!!!

segunda-feira, janeiro 14, 2008

L-O-V-E


"L" is for the way you Look at me...
"O" is for the Only one I see...
"V" is Very, Very extraordinary...
"E" is Even more that anyone that you adore...
Nat King Cole. OST from the Fairy Tail.
P.S. Tks Ju. Também me parece que é uma boa música pra deixar tocar...
Addicted to Love. xxx

domingo, janeiro 06, 2008

soneto de amor


Não me peças palavras, nem baladas,
Nem expressões, nem alma...Abre-me o seio,
Deixa cair as pálpebras pesadas,
E entre os seios me apertes sem receio.
Na tua boca sob a minha, ao meio,
Nossas línguas se busquem, desvairadas...
E que os meus flancos nus vibrem no enleio
Das tuas pernas ágeis e delgadas.
E em duas bocas uma língua..., - unidos,
Nós trocaremos beijos e gemidos,
Sentindo o nosso sangue misturar-se.
Depois... - abre os teus olhos, minha amada!
Enterra-os bem nos meus; não digas nada...
Deixa a Vida exprimir-se sem disfarce!
José Régio
Algures numa parede de Alfama... ou entre quatro...

terça-feira, janeiro 01, 2008

... desde o ano passado...


Desde o ano passado que não vinha cá. E cá estou agora. Cá estamos. 2008! Ainda não foi desta que passei o ano em NYC, nem em Roma, como queria, mas o festejo sabe bem em qualquer lugar onde se saiba ser feliz! Sinceramente, não encontraria outro lugar p'ra ser mais feliz do que o meu... Venham os aumentos e o país sem fumo (que bela lei!). O ano que passou foi muito bom mas já passou e "enquanto houver estrada para andar" há estrada para andar. Não revelo a minha lista de desejos mas digo: quero que o ano de 2008 me traga a mesma saúde, os mesmos amigos, o mesmo trabalho, a mesma família, a mesma metade de mim... BOM ANO!