terça-feira, agosto 25, 2009

A importância dos Sapatos


Hoje sonhei que não casei!

E tenho de partilhar este sonho...

Estava eu toda vestidinha de noiva, num casório cheio de pompa, com um vestido lindo, note-se, e muito bem penteada, preparada para casar com um noivo que nunca vi mais gordo, mas que constava ser rico e bem parecido quando, de repente, reparei que não tinha sapatos.

Conclusão lógica (e foi mesmo o que deduzi no dito sonho): se não me preocupei com os sapatos, então, não quero casar! Sinal claro e inequívoco de falta de vontade...

Ora, se não quero casar não caso... e acordei!


sexta-feira, agosto 14, 2009

os MEUS 10 + :


Discutiu-se nesta férias, na ida para o Topas [acho e pouco importa] e porque se falava de bons spots para beber chocolate quente (ah! ah!), quais seriam os melhores da cidade do Porto...
Ora, portuense de gema, apaixonada pela Tripeirada e orgulhosa de conhecer muito bem esta cidade, lá me pus a pensar.
De tal devaneio - um pouco fugaz, confesso, por não me ser difícil lembrar muito bem do que gosto - saíram 10 lugares... mais por ordem de lembrança que de importância... tendo ficado alguns de lado, como sempre acontece.
Assim, os MEUS 10 +:
1. Serra do Pilar (por ver o Porto todo... e ter começado a namorar lá, pois!)
2. Varandim junto à Pte. D. Luiz I, de cima (por ver o Porto de outro ângulo)
3. Fontaínhas (quase, quase em baixo da Ponte do Infante... porque sou S. Joanina)
4. Ponte da Arrábida, lá em cima, no meio do arco (um privilégio)
5. Via Panorâmica (inteira)
6. Alto de Santa Catarina (para quem sabe)
7. Palácio de Cristal (pièce de résistance)
8. Calçada das Virtudes (e os passeios que lá dei - e dou - com o meu Pai)
9. A vista incrível do meu 1.º Colégio (Palácio das Sereias)
10. Novo Molhe (de frente para o mar, de costas para a cidade que se abre, aos lados matosinhos até espinho... toda a vida resumida numa vista!).

sábado, agosto 01, 2009

*waiting for the sun*


...um pouco mais de sol eu era brasa

...um pouco mais de azul eu era além

mário de sá carneiro || quase